anon-521057's picture
From anon-521057 rss RSS 

Entrevista Emanuel Antunes: Tribuna Do Norte 

 

 
 
Tags:  auto  quotes 
Views:  115
Published:  October 29, 2011
 
0
download

Share plick with friends Share
save to favorite
Report Abuse Report Abuse
 
Related Plicks
No related plicks found
 
More from this user
No more plicks from this user
 
 
 URL:          AddThis Social Bookmark Button
Embed Thin Player: (fits in most blogs)
Embed Full Player :
 
 

Name

Email (will NOT be shown to other users)

 

 
 
Comments: (watch)
 
 
Notes:
 
Slide 1: As sólidas opções do concreto Tribuna do Norte 23\08\2008 Em países como EUA, Inglaterra e Alemanha, o aço representa a base da construção civil. Mas com os preços proibitivos dessa commoditie, quem vai continuar mandando por muito tempo na construção civil em países como o Brasil é mesmo a mistura de cimento, areia e água. Nessa entrevista, o engenheiro e consultor, Emanuel Antunes, fala das mudanças nos canteiros de obra e como as construtoras estão buscando diminuição de custos num mercado altamente competitivo. Com o aumento do porte das obras no Estado, como as construtoras poderão aumentar sua produtividade e diminuir custos? De fato, a construção civil evoluiu exponencialmente em menos de uma década. As construtoras, por isso mesmo, vivem em constante mudança de conceitos, buscando a qualidade, certificações em padronizações, segurança e meio ambiente. O layout dos canteiros de obras e estudo da logística dos processos de recebimento e descarga dos materiais nos pontos de utilização, transportes internos, estocagem das matérias primas, bota-fora, produção ou recebimento e bombeamento do concreto devem fazer parte da sua gestão, bem como a utilização de máquinas e equipamentos adequados, buscando a realização dos serviços nos prazos e custos previstos nas planilhas, aumentando a probabilidade de retorno e lucro sobre o capital. Do ponto de vista do concreto armado onde se pode reduzir custo? As estruturas de concreto são em alguns casos a espinha dorsal dos empreendimentos maiores e onde se pode reduzir custos. Projetos bem definidos e utilização de sistemas de fôrmas de madeira em chapas compensadas com boa qualidade poderão ser muito produtivos, evitando os riscos do material sem procedência trazendo problemas como descolagem prematuras das lâminas antes do previsto – o que provocaria atrasos em virtude de retrabalho. Uma opção viável em alguns casos poderá ser a locação dos cimbramentos devido o baixo investimento inicial, melhor suporte técnico-comercial, segurança e garantia dada pelo locador. Para as estruturas tubulares estão inclusos vigas metálicas, suportes, tubos, abraçadeiras, dentre outros acessórios, projetos bem detalhados com a garantia da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e assistência técnica com montadores e engenheiros experientes a disposição e incluso nos custos. E para as estruturas mais leves? Para as estruturas mais leves, com dezenas de reutilizações mas com um cronograma longo de concretagem, pode-se estudar as limitações da altura do empreendimento e adquirir ou locar fôrmas plásticas para lajes nervuradas também reutilizáveis, apoiadas nos diversos sistemas de escoramento metálico disponíveis, que poderão ser adquiridos sob encomenda específicos para cada necessidade. Quais as tendências para a construção das estruturas dos prédios? Já é utilizado com sucesso inclusive no Nordeste para as obras verticalmente mais altas as pré-moldagens como pré-vigas, pré-lajes, painéis de vedação, escadas, dentre outras peças com posterior complemento com a concretagem “in loco”. Uma tendência para as estruturas com lajes até cinco pavimentos voltados para as classes C,D e E , cito a utilização dos pré-moldados para as peças estruturais e vedação que podem se adequar muito bem em empreendimentos. O principal conceito para os pré-moldados é o investimento maior em equipamentos como gruas e central de concreto, maior atenção em todos os projetos e mudança radical na estrutura da empresa com os novos procedimentos construtivos de montagem, já que se utiliza de matérias primas básicas e o cimento que teremos disponível no Estado.
Slide 2: Ainda não é hora de pensar em estruturas metálicas? Não vejo os sistemas com estruturas metálicas possam ser utilizados em larga escala nas principais capitais do litoral nordestino, como vem sendo utilizado principalmente em Belo Horizonte e São Paulo, devido alto custo com frete devido peso do material, subida do óleo diesel, alto preço do aço com as demandas de crescimento dos países emergentes. Quais são os equipamentos que poderão ser utilizados nos canteiros de obras do Rio Grande do Norte? Já são visíveis as mudanças em alguns canteiros de obras em Natal e com certeza irão fazer parte do cotidiano, como elevadores de pinhão e cremalheira, dumper para transporte do concreto, “bobcat”, grandes guindastes, pás carregadeiras, talhas, gruas com grande capacidade operacional, silo metálico para o cimento, caçambas metálicas para a correta estocagem das matérias primas (areia e brita) para a dosagem com células eletrônicas, correias transportadoras móveis para seu transporte até misturadores Planetários, mini centrais de concreto com braços alimentadores motorizados, centrais de concreto dosadoras e bombas para o lançamento do concreto. O elevador pinhão e cremalheira que senhor citou poderá substituir os elevadores a cabo? Um sistema inovador com projeto e concepção muito superior ao sistema utilizado anteriormente a cabo de aço com projeto ultrapassado. Possui maior capacidade de carga ou elevação de pessoas, maior velocidade de operação e mais seguro. Particularmente acho que será somente uma questão de tempo esta tendência e os custos de produção ficarem mais acessíveis para os elevadores a cabo de aço num futuro próximo se restringir as obras menores. Quais são as vantagens e a finalidade da utilização de mini centrais de concreto nas obras? Com a utilização das mini usinas automatizadas nos canteiros de obras as construtoras poderão se tornar auto suficiente na produção, liberando o engenheiro para programar as etapas de concretagem a qualquer momento e qualquer volume de sua necessidade, podendo Também produzir os blocos de cimento e as argamassas sem as interferências e demora na entrega do concreto pelos fornecedores. Poderia citar também que uma mini usina poderá ser modular, ou seja ser acrescida Conforme ir aumentando os volumes, a armazenagem correta da areia e brita que são estocadas nas caçambas com dosadores eletrônicos e vibro-sistema. Qual a finalidade e as principais vantagens dos silos metálicos para o cimento? Os silos metálicos são reservatórios apropriados para a armazenagem e utilização do cimento. Entre os acessórios inclui escada de marinheiro, transportador helicoidal com rosca para transporte até o misturador, dosador em peso para a liberação exata da necessidade de produção, válvula de regulagem, segurança e sistema de fluidificação . O cimento é entregue a granel pelo caminhão graneleiro e injetado na tubulação do silo com uma mangueira com compressor sem interferências do pessoal da obra. São ecologicamente corretos devido filtros descartáveis anti-poluição evita desperdícios e contato com o meio ambiente . Cito algumas vantagens: utilização exata do cimento necessário com a utilização do painel de controle em quilos, diminui consideravelmente custos de mão de obra e cimento evitando transportes internos e recebimento em sacos, melhores preços sem a embalagem, evita a umidade e acaba com o barraco coberto para este insumo. Quais as vantagens principais se comparado a entrega do concreto por fornecedor externo? O concreto poderá ser produzido no canteiro pela usina no exato momento do seu lançamento e atende as necessidades , cronometria exata para a utilização do pessoal envolvido no processo, abastecimento das
Slide 3: matérias primas em qualquer horário permitido, controle absoluto dos materiais e mão de obra utilizados, mapeamento e rastreabilidade das etapas de concretagem. Possuem uma qualidade de mistura muito melhor que as betoneiras comuns e dos caminhões betoneiras, que são misturas por gravidade. Tem-se economia com diminuição do consumo de cimento em até 7 % devido a mistura totalmente homogenia com as pás do misturador Planetário. Estas mini usinas produzem concreto com alta produtividade e uniformidade, facilidade de operação com treinamento pela fabricante, custo baixo de manutenção, opção por automatização completa, diminui o risco de retração e trinca, utilização correta em peso da água e cimento que diminui riscos como a deformação lenta do concreto e aumento do módulo de elasticidade. Concreto produzido “just in time”? Sim, com a produção uniforme e confiável do concreto produzido instantaneamente nas obras as construtoras evoluem em seus sistemas de produção e layout dos canteiros, garantindo os prazos de entrega das obras utilizando sistemas mecanizados com gerenciamento e controle das etapas de produção, estocagem correta das matérias primas e economia destes insumos básicos, fluindo os processo de gestão realmente para todos os setores da empresa. As construtoras então iniciam processos rumo a industrialização mecanizada nos seus canteiros de obras? Sem dúvida,a construção civil é uma indústria que deve se utilizar das tecnologias disponíveis utilizando layout correto no canteiro, conforme estudo de logística com sistemas construtivos viáveis, mão de obra qualificada, materiais, máquinas e equipamentos adequados ao porte da gestão de cada empresa ou do empreendimento, para atingir melhores custos aos clientes e lucros aos sócios ou acionistas.

   
Time on Slide Time on Plick
Slides per Visit Slide Views Views by Location